Pesquisar este Blog

Postagens mais lidas

terça-feira, 12 de julho de 2011

O amor 2

Ainda que o amor não existisse
O inventaria em um outro plano
Por mais que não fosse real
O realizaria sem querer

Para que em constantes desatinos
Alegraria e entristeceria a alma
O coração, a espiritualidade humana

A vida e a morte andam juntas
o amor e desamor estão sempre no paralelo da vida

Sim, o amor é o amor
Não, o desamor não vence o amor
Porque o amor é real
Realidade essa que atormenta a calma
Calmaria que alucina
Surpreende na hora certa e errada
Uma surpresa chegada
Não sei pra quem vem
Não sei pra onde vai
Será pro coração ou pra alma
Agora, essa coisa chegou
Não sei o que é
Será o amor
Será a morte
Será o desamor
Não sei, quero saber
Talvez depois da morte
Ou entre a vida e o desamor

Por: Francisco Eriberto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Ocorreu um erro neste gadget