Pesquisar este Blog

Postagens mais lidas

sexta-feira, 15 de julho de 2011

Teorias da evolução

Quem falou primeiro?

     Quando começamos a falar? É uma pergunta que entriga os cientistas. Os estudos da evolução dependem de encontrar restos preservados de animais e vegetais extintos: os chamados fósseis. Só que as partes do corpo ligadas à fala, como a laringe, não deixaram vestígios. É possível que a combinação de ter a laringe numa posição que facilitou emitir sons variados e um cérebro mais complexo tenha permitido a fala.
      Já a escrita deixa vestígios, como textos em pedra. Estima-se que os primeiros sistemas de escrita tenham surgido por volta de 4000 antes de Cristo. Várias civilizações, como a fenícia, egípcia e a chinesa, começaram a criar esses sistemas mais ou menos na mesma época. Os primeiros alfabetos eram feitos com desenhos simples dos objetos. Depois, começaram a surgir alfabetos baseados nos sons das letras. 
     Portanto, a escrita e a fala foram fundamentais para a espécie humana. Permitiram passar conhecimento adiante e preservar o que foi aprendido.

Darwiniano

      O trabalho mais importante no estudo da evolução foi feito por Charles Darwin, autor do livro A Origem das Espécies, publicado em 1859. A noção de que os seres vivos mudavam com o tempo já existia, mas as observações de Darwin sobre a natureza deram muito mais credilbilidade à ideia da seleção natural. No século 20, outros pesquisadores aprofundaram a teoria ao mostrar a importância da hereditariedade e dos genes.

Cara de um, focinho do outro

     Já parou pra pensar por que um chimpanzé é bem mais parecido conosco do que um cachorro? É de questões como essas que trata a Teoria da Evolução. A evolução é um processo pelo qual os seres vivos mudam ao longo do tempo.
     Essas mudanças são passadas de geração para geração através dos genes, que definem características como cor do pelo, altura, cor dos olhos, e por aí vai. De vez em quando, ocorrem mutações nos genes. Um ser vivo nasce um pouco diferente dos que vieram antes. Com o passar do tempo, uma espécie transforma suas características.

Seleção natural

      Um elemento importante da teoria é a seleçãp natural. Algumas mutações são mais vantajosas que outras, dependendo das condições em que o ser vive. Para um animal que precisa buscar alimento nas árvores, por exemplo, ter um rabo longo e firme ajuda a se pendurar nos galhos. Se a mutação é vantajosa, com o passar do tempo ela se torna mais comum, enquanto aquela que perde utilidade aos poucos desaparece.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Ocorreu um erro neste gadget