Pesquisar este Blog

Postagens mais lidas

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Dicionário Etimológico – Botânica/Zoologia - Antonio Gabriel

A
ACARINO - vem do grego ÁKARI, através do latim ACARU, carrapato.
ACTÍNIA - vem do grego AKTINOS, raio.
AERÓBIA - vem do grego AERO, ar + BIOS, vida.
AMEBA - vem do grego AMOIBÉ, o que se deforma sempre.
ANAERÓBIA - vem do grego AN, não + AERO, ar + BIOS, vida.
ANCYLOSTOMA - vem do grego ANKYLOS, curva + STOMA boca.
ANELÍDEO - vem do latim ANELLUS, anel + EIDOS (grego), forma.
ANFÍBIO - vem do grego AMPHIS, duas + BIOS, vidas.
ANGIOSPERMA - vem do grego ANGEION, coberta + SPERMA, semente.
ANOPHELES - vem do grego ANOPHELÉS, nocivo.
ANSERIFORMES - vem do grego ANSER, pato + FORMES (latim), forma.
ANTOZOÁRIO - vem do grego ANTHÓS, flor + ZOON, animal.
ANURO - vem do grego AN, desprovido + OURÁ, cauda.
ÁPODOS - vem do grego A, não, desprovido + PODÓS, pés.
ARACNÍDEO - vem do grego ARACHNE, aranha + EIDOS, forma.
ARGONAUTA - vem do grego ARGÓS, banco + NAUTÉS, navegante.
ARTIODÁCTILOS - vem do grego ARTIOS, pares + DAKTYLOS, dedos.
ARTRÓPODOS - vem do grego ARTHRÓS, articulados + PODÓS, pés.
ASCARIS - vem do grego ASKARIZIEN, agitar-se.
ASTERÓIDE – vem do grego – ASTER, estrela + EIDOS, forma.

B
BATRÁQUIO - vem do grego BATRAKÓS, rã.
BRIÓFITAS - vem do grego BRION, musgo + PHYTOS, vegetal.

C
CALCISPÔNGIA - vem do latim CALCIS, pedra + SPOGGIÁ, esponja.
CARENA - vem do latim CARINA, quilha.
CARNÍVORO - vem do latim CARNE, carne + VORACE, que come.
CEFALÓPODO - vem do grego KEPHALÉ, cabeça + PODÓS, pés.
CÉLULA - vem do latim CELLULA, pequena cavidade.
CERDA - vem do latim SETULA, pequenos pelos.
CESTÓIDEO - vem do grego KESTÓS, fita + EIDOS, forma.
CETÁCEO - vem do grego KETÓS, peixe grande, baleia.
CIFOZOÁRIO - vem do grego SKYPHOS, taça + ZOON, animal.
CÍLIO - vem do latim CILIU, pestana.
CLOACA - vem do latim CLOACA, cavidade, fossa.
COLEÓPTERO - vem do grego KOLEÓS, estojo + PTERÓN, asa.
CORMÓFITAS - vem do grego KORMÓS, corpo + PHYTOS, vegetal.
CRINÓIDE - vem do grego KRINON, lírio + EIDOS, forma.
CROCODILIANO - vem do grego KROKODEILOS, crocodilo.
CROMATÓFOROS - vem do grego KROMATOS, cor + PHOROS, trás.
CRUSTÁCEO - vem do latim CRUSTA, crosta + sufixo: ACEO.

D
DECÁPODOS - vem do grego DEKA, dez + PODÓS, pés.
DEMODEX - vem do grego DEMAS, corpo + DÉX, verme.
DEMOSPÔNGIA - vem do grego DÉMOS, multidão + SPOGGIÁ, esponja.
DERMATOBIA - vem do grego DÉRMATOS, pele + BIOS, vida.
DIPLÓDOS - vem do grego DIPLOOS, dois + PODÓS, pés.
DIPNÓICO - vem do grego DI, duas + PNEÚSTES, que respira.
DÍPTEROS - vem do grego DIS, duas + PTERÓN, asas.
DISENTERIA - vem do grego DYS, perturbação + ENTERON, intestino.

E
ELASMOBRÂNQUIO - vem do grego ELASMA, placa + BRANKHIA, brânquia.
EQUINODERMO - vem do grego ECHINOS, ouriço + DERMA, pele.
EQUINÓIDE - vem do grego ECHINOS, ouriço + EIDOS, forma.
ESCÓLEX - vem do grego SKÓLEX, verme.
ESPORULAÇÃO - vem do grego SPOREIN, espalhar.
ESTÔMATO - vem do grego STOMA, boca.
EUNICE - vem do grego EU, bem, boa + NIKE, vitória.
EUSPÔNGIA - vem do grego EU, bem, boa + SPOGGIÁ, esponja.
EUTÉRIO - vem do grego EU, bem, verdadeiro + THERION, animal.

F
FANERÓGAMAS - vem do grego PHANEROS, flor + GAMOS, aparente.
FEBRE - vem do latim FERVERE, estar quente.
FLAGELO - vem do latim FLAGELLUM, chicote.
FOTOSSÍNTESE - vem do grego PHOTOS, luz + SYNTHESIS (latim), síntese.

G
GASTRÓPODOS - vem do grego GASTÉS, ventre + PODÓS, pés.
GINOSPERMAS - vem do grego GYMNOS, nua + SPERMA, semente.

H
HEMÍPTEROS - vem do grego HEMI, metade + PTERÓN, asas.
HEXACTINELIDA - vem do grego HEX, seis + AKTINOS, raios.
HEXÁPODOS - vem do grego HEX, seis + PODÓS, pés.
HIDROZOÁRIO - vem do grego HIDRO, água + ZOON, animal.
HIMENÓPTERO - vem do grego HUMEN, membrana, membranosas + PTERÓN, asas.
HOLOTURÓIDES - vem do grego HÓLO, todo + TROURION, orifício.
HYSTOLITICA - vem do grego HYSTOS, tecido + LYSIS, destruição.

I
ISÓPODOS - vem do grego ISOS, iguais + PODÓS, pés.
ISÓPTEROS - vem do grego ISOS, iguais + PTERÓN, asas.

L
LARVA - vem do latim LARVA, máscara.
LEISHMÂNIA - vem do nome do médico inglês William Boog Leishman.
LEPIDÓPTERO - vem do grego LEPIDOS, escamas + PTERÓN, asas.

M
MALÁRIA - vem do italiano MALA, mal + ARIA, ar.
METATÉRIO - vem do grego META, além + THERION, animal.
MICROAERÓFILA - vem do grego MIKROS, pequeno + AERO, ar + PHYTOS, vegetal.
MIRIÁPODOS - vem do grego MYRIAS, dez mil + PODÓS, pés.
MOLUSCO - vem do latim MOLLIS, mole.
MONOTREMOS - vem do grego MONOS, um + TREMOS, orifício.

N
NECATOR - vem do latim NECARE, matar.
NEMATÓIDES - vem do grego NÉMATOS, filamento + EIDOS, forma.
NEREIS - vem do latim NEREIDE. Nereis, segundo a mitologia grega, era filha de Netuno, deus dos mares.
NINFA - vem do latim NYMPHA, coberta de véu.

O
OFIURÓIDE - vem do grego ÓPHIS, cobra + OURÁ, cauda.
OLIGOQUETO - vem do grego OLIGOS, poucas + CHAITES, cerdas.
ORTÓPTERO - vem do grego ORTHÓS, retas + PTERÓN, asas.
OVÍPARO - vem do grego OÓN, ovo + PARIRE, produzir.

P
PARASITA - vem do grego PARA, ao lado + SITOS, comida.
PEIXE - vem do latim PISCE, peixe.
PELECÍPODOS - vem do grego PÉLEKYS, machado + PODÓS, pés.
PERERECA - vem do tupi-guarani PEREREG, ir aos saltos.
PERISSODÁCTILOS - vem do grego PERISSOS, ímpar + DAKTYLOS, dedos.
PHLEBOTOMUS - vem do grego PHILEBÚS, veia + TOMOS, cortar.
PIRAMBÓIA - vem do tupi-guarani PIRA, peixe + MBOI, cobra.
PLANÁRIA - vem do grego PLANÁUMAI, vagar, errar.
PLATIELMÍNTIO - vem do grego PLATYS, achatado + HELMINTHES, verme.
PÓLIPO - vem do grego POLYS, muitos + PODÓS, pés.
POLIQUETO - vem do grego POLYS, muitos + CHAITES, forma.
POLVO - vem do grego POLYPÓDES, de muitos pés.
POMBA - vem do latim COLUMBA, pomba.
PORÍFERO - vem do latim PORUS, passagem + FER, portador.
PRIMATA - vem do latim PRIMATE, o que está em primeiro lugar.
PROBOSCÍDEO - vem do grego PROBOSKIDOS, tromba.
PROGLOTE - vem do grego PROGLOTTIS, ponta da língua. É o mesmo que anel.
PROTOTÉRIO - vem do grego PROTUS, o mais simples + THEIRON, animal.
PSEUDÓPODES - vem do grego PSEUDES, falsos + PODÓS, pés.
PSITACIFORMES - vem do grego PSITTAKÓS, papagaio + FORME (latim), forma.
PTERIDÓFITAS - vem do grego PTERIS, feto + PHYTOS, vegetal.

Q
QUELÔNIO - vem do grego CHELÓNE, tartaruga.
QUILÓPODOS - vem do grego KHEILOS, lábios + PODÓS, pés.
QUIRÓPTERO - vem do grego CHEIR, mão + PTERÓN, asas.
QUITINA - vem do grego CHITON, túnica + sufixo INA.

R
RATITA - vem do latim RATIS, jangada. Alusão ao osso esterno achatado. (*)
RÉPTIL - vem do latim RÉPTIL, que se arrasta.
RIZÓPODOS - vem do grego RHIZA, raiz + PODÓS, pés.

S
SAPRÓFITA - vem do grego SAPRÓS, podre + PHYTOS, vegetal.
SÁURIO - vem do grego SÁUROS, lagarto.
SIMBIOSE - vem do grego SYN, juntamente + BIOS, vida.
SIRÊNEO - vem do latim SIRENA, sereia.

T
TALÓFITAS - vem do grego THALLOS, talo + PHYTOS, vegetal.
TÊNIA - vem do latim TÆNIA, fita.
TELEÓSTEOS - vem do grego TELEOS, seres + OSTEON, ósseos.
TREMATODO - vem do grego TREMATÓDE, perfurado.
TURBELÁRIO - vem do latim TURBELLÆ, perturbações. As formas aquáticas ocasionam  turbilhonamento na água.

U
URODELO - vem do grego OURÁ, cauda + DELOS, evidente.

X
XENARTRO - vem do grego XENÓS, estranho + ARTHRON, articulação.

Z
ZIGOTO - vem do grego ZIGOTÓS, unidos.
__________
(*) – ZOOL. – Parte ventral do tórax dos insetos.
Referência Biblográfica: Livro Apontamentos de Botânica e Zoologia – Nível Médio (10ª edição).
De Anderson Fernandes Dias e Oswaldo Luiz de Souza Amaral. Editora Ática, 1971 – pág. 139 a 142.
Dicionário Etimológico – Botânica/Zoologia é um post do blog: Diário do Verde.
http://pt-br.paperblog.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Ocorreu um erro neste gadget