Pesquisar este Blog

Postagens mais lidas

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

E o chulé, como tratar?


Como evitar o chulé

Ninguém gosta de falar sobre o assunto, muito menos de assumir que tem. Mas, que o mal cheiro nos pés causa constrangimento, mas se discute. Para as malhadoras de carteirinha ou quem trabalha de meia fina e sapato fechado, o incomodo é ainda maior. Veja abaixo algumas soluções para afastar esse mal.

- Lavar os pés com sabonete bactericida ameniza o problema

Assim como o odor nas axilas, o cheiro desagradável nos pés é resultante das ação da bactérias em contato com o suor. Por isso, quem transpira muito tem maior possibilidade de apresentar o problema. O chulé não tem um tratamento definitivo, mas dá para amenizar o quadro com algumas medidas preventivas. Lavar os pés com sabonete bactericida é uma delas. Também prefira vestir meias de algodão às sintéticas (quem não pode dispensar as de náilon deve usar sempre uma limpa) e alterne os sapatos fechados, deixando-os respirar por um dia. Vale lembrar ainda que tênis sem meia é chulé na certa.

- Banhos de imersão com chá preto diminuem o suor

Controlar o suor nos pés é uma das maneiras de reduzir o mal cheiro. Algumas substâncias ajudam a diminuir a sudorese de forma temporária. É o caso do formol e do bicarbonato de sódio, que podem ser usados em fórmulas manipuladas. Em casa, use o tradicional banho de imersão com chá preto. Ele contém tanino, princípio ativo que estabiliza o pH das glândulas sudoríparas. Prepare o chá normalmente, como se fosse beber, e espere esfriar. Mergulhe os pés nessa mistura por cerca de 20 minutos. Faça esse ritual de três a quatro vezes por semana.

- Pés perfumados

Há ainda a opção dos talcos e desodorantes que combatem as bactérias e controlam o suor como o Polvilho Anti-séptico Granado e o Tenys Pé Baruel. Você deve aplicá-los sempre com os pés limpos.

Acabe com o chulé de uma vez por todas e livre-se deste odor desagradável que incomoda tantas pessoas
 Com algumas medidas simples você pode dar um fim gastando muito pouco, muito pouco mesmo com um tratamento eficiente que vai trocar o fedor do seu tênis ou sapato por um cheiro agradável.

É claro que não existe mágica. Não adianta achar que pode colocar o pé sujo dentro do tênis e esperar que não fique com um cheiro ruim. O método ensinado aqui é eficaz, mas exige um mínimo de higiene.

As dicas servem para tênis, sapatos, etc.

A primeira coisa que você deve fazer é lavar o tênis e deixar secar completamente antes de seguir as dicas. Agora que o tênis está limpo e seco siga estas instruções para acabar definitivamente com o chulé:

1 - Tome sempre um banho antes de calçar o tênis;

2 - Antes de calçar o tênis seque os pés com uma toalha, principalmente entre os dedos. Se vai a um encontro importante, dê uma sopradinha para secar completamente;

3 - Agora que os pés estão bem secos, passe leite de rosas nos pés. Molhe os pés com o leite de rosas sem medo e sem economizar (este produto custa muito pouco e dura bastante);
4 - Calçe as meias com os pés molhados com o leite de rosas. Não se preocupe, pois o leite de rosas contém álcool, que vai evaporar e seu pé vai continuar seco.

5 - Calçe o tênis.

Agora faça o teste. Eu tenho certeza que, seguindo essas dicas, você vai ficar orgulhoso de poder tirar o tênis onde quiser sem nenhum receio de odores desagradáveis.

Um último detalhe: depois de tirar o tênis, nunca deixe as meias dentro dele. Isso vai fazer com que leve mais tempo para secar. Se você tiver dois ou mais pares alterne-os para que quando for usá-los eles estejam completamente secos.

Veja mais dicas para os casos mais persistentes:

- Seque sempre os pés (principalmente entre os dedos) após o banho;

- Nunca use tênis sem meias;

- Ao escolher meias, dê preferência às meias de algodão;

- No verão prefira calçados abertos;

- Sempre que possível exponha o tênis ao sol. Além de deixar o calçado seco, matará as bactérias e fungos.

O "chulé" é causado por bactérias e fungos que se multiplicam com o suor dos pés e altas temperaturas. São eles que causam o mau cheiro.

Se, mesmo seguindo estas dicas, o problema persistir, consulte seu médico dermatologista para fazer um tratamento completo. O dermatologista vai lhe indicar alguns medicamentos mais eficazes para os casos mais resistentes.

O importante é que você saiba que tem tratamentos eficazes e que vão fazer você se livrar deste incômodo.
 Pesquisa/Web

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Ocorreu um erro neste gadget