Pesquisar este Blog

Postagens mais lidas

sábado, 26 de novembro de 2011

O reino–seu começo - Hiram Hutto


Pré-milenarismo (4º de uma série de artigos)
O reino – seu começo

Em 2 Samuel 7:12 Deus fez uma promessa a Davi. Ele disse, “Quando teus dias se cumprirem e descansares com teus pais, então, farei levantar depois de ti o teu descendente, que procederá de ti, e estabelecerei o seu reino”. Em cumprimento a essa promessa o anjo Gabriel disse a Maria, “Eis que conceberás e darás à luz um filho, a quem chamarás pelo nome de Jesus. Este será grande e será chamado Filho do Altíssimo; Deus, o Senhor, lhe dará o trono de Davi, seu pai” (Lucas 1:31-32). Mateus 1:1 diz, “Livro da genealogia de Jesus Cristo, filho de Davi, filho de Abraão”. Em Mateus 3:1-2, depois de relatar o nascimento de Jesus, o texto diz, “Naqueles dias, apareceu João Batista pregando no deserto da Judéia e dizia: Arrependei-vos, porque está próximo o reino dos céus”. Próximo significa em breve ou logo. Em Lucas 3:1-3, o relato diz, “No décimo quinto ano do reinado de Tibério César... veio a palavra de Deus a João.... Ele percorreu toda a circunvizinhança do Jordão”. Observe que João veio durante o reinado de Tibério César, um governador romano.

Em Daniel, Nabucodonosor teve um sonho que Daniel interpretou que representava quatro reinos. O primeiro era a Babilônia, o próximo o Medo-Persa, o terceiro Macedônia, o quarto foi a Roma. Em Daniel 2:44, Daniel disse, “Mas, nos dias destes reis, o Deus do céu suscitará um reino que não será jamais destruído”. Como vimos em Lucas, João Batista veio nos dias de um governo romano, e ele disse que o reino dos céus estava próximo. Então, o reino que fora prometido a Davi foi estabelecido nos dias do governo romano.
Além disso, Jesus disse a alguns dos seus discípulos, “Em verdade vos afirmo que, dos que aqui se encontram, alguns há que, de maneira nenhuma, passarão pela morte até que vejam ter chegado com poder o reino de Deus” (Marcos 9:1).

A argumentação dos pré-milenaristas é que o reino foi oferecido aos judeus, mas que eles rejeitaram a oferta, e Jesus adiou o estabelecimento do reino até a segunda vinda de Cristo. Isso tem algumas conseqüências sérias. Jesus disse que o reino viria durante a vida na terra dos seus discípulos que estavam com ele. Se não era para ser estabelecido no tempo que ele disse, ele se enganou a respeito. Jesus enganou-se a respeito de qualquer coisa? Também leva a conclusão absurda de que alguns dos que estavam vivos enquanto Jesus estava na terra estão com cerca de 2.000 anos! Também levanta a pergunta: A oferta do reino aos judeus foi uma oferta sincera? Se foi, Jesus enganou-se a seu respeito. Como pode ser? Também levanta a pergunta: O que teria acontecido se os judeus aceitassem a oferta? A igreja não teria se estabelecido.

Os pré-milenaristas também argumentam que o reino, como profetizado por Daniel, um dia se estabelecerá. Daniel, no entanto, disse que seria nos dias do governo romano. Pré-milenaristas argumentam que o governo será restaurado e então o reino se estabelecerá. A profecia de Daniel era a respeito de um governo romano após um governo macedônio, este antecedido de um governo medo-persa, antecedido por um governo babilônico. Todos esses reinos terão que ser restaurados? Isso vai além da credulidade! Seria bem melhor aceitar a verdade de que o reino foi estabelecido, e isso ocorreu nos dias dos apóstolos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Ocorreu um erro neste gadget